peças_views 4.238.jpg

Tamá


 

TAMA

 

 
 

the challenge

 
 
peças_views 4.238.jpg
 
 

the

problem

De acordo com a ADI (2010), o crescimento da incidência da doença na população idosa praticamente dobra a cada 20 anos. A previsão é que o número de doentes de Alzheimer chegue a 65,7 milhões em 2030 e a 115,4 milhões em 2050. Atualmente, 58% da população com Alzheimer encontra-se nos países desenvolvidos; percentual que atingirá os 72% em 2050. 

Além do tratamento farmacológico, há estudos de outras alternativas de tratamento para o Alzheimer. Segundo Dr. John Harrison, psicólogo do Departamento de Medicina da Imperial College de Londres, os games podem complementar o tratamento da doença, estimulando cinco áreas diferentes do cérebro: funcionamento executivo – responsável de criarmos estratégias; trabalho de memória – responsável pela habilidade de usarmos informações e técnicas que aprendemos; atenção e concentração; memória episódica – que é a capacidade de relembrarmos um evento; e por fim, habilidades psicomotoras – que é a velocidade com que respondemos aos eventos. 

 
 
Fases do Alzheimer.jpg
 
 

A doença de Alzheimer é uma enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. Em geral a doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais.

Dentre as três fases do Alzheimer, o projeto foi focado especificamente na primeira fase pois quando o Alzheimer é diagnosticado no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família.

 
 
tama
 
 
 

brinquedo

Um dos principais diferenciais do Tamá é a mecânica, que foi desenvolvida para estimular o raciocínio e a memória principalmente de idosos com início de Alzheimer, sem excluir os demais usuários. O jogo/ brinquedo procura criar um ambiente lúdico para promover a interação entre pessoas e que ao mesmo tempo seja produtivo no sentido de estimular as funções cognitivas delas.

 

O Jogo

O jogo é composto por rodadas. Quem ganhar a rodada ganha uma peça para construir a Torre. Todas as rodadas devem seguir os passos abaixo:

Passo 1: Uma das equipes deve sortear uma carta do baralho, a partir disso, as pessoas dessa equipe devem seguir as instruções da carta e construir alguma forma.

Passo 2: A equipe adversária deve construir a mesma forma. Se acertar, ganha 2 pontos.

As equipes devem se alternar para sortear a carta do baralho. Quem atingir 10 pontos antes, ganha o jogo.

 
 
 
 

O principal componente do Tamá é o conjunto de peças feitas com a madeira Pinus – escolhida para projeto por ser uma madeira tipicamente brasileira. Essas peças possuem diferentes formatos afim de disponibilizar uma maior quantidade de combinações possíveis. Elas têm modelos simples com cores distintas para que o idoso não tenha dificuldade em as diferenciar. Cada peça de madeira possui alguns imãs, os quais servem para orientar os encaixes entre as madeiras.

Ao construir as formas com as peças, o usuário estimula principalmente a criatividade e imaginação. E ao replicar o modelo do adversário, o idoso trabalha a questão do raciocínio e da memória, pois é necessário criar uma estratégia para chegar na mesma forma construída (estratégia que se baseia na diferenciação entre as peças); a coordenação motora, ao manusear as pecinhas de madeira; e a atenção e concentração na medida em que o Tamá “prende” o idoso na mecânica do jogo. Além da diversão e da interação com outras pessoas.

 
 
 

BRANDING

tama_branding.jpg
 

prototyping process

 
Exposição do Tamá na  Design Weekend 2016 em SP

Exposição do Tamá na Design Weekend 2016 em SP

 

teste

Testes com os usuários com o primeiro modelo desenvolvido no projeto.